7 motivos para ter um caderninho de tarefas

Nesta imagem, você vê um perfeito exemplar deste incrível dispositivo de armazenamento de informações e tarefas - e ao lado, um computador.
Nesta imagem, você vê um perfeito exemplar deste incrível dispositivo de armazenamento de informações e tarefas – e ao lado, um computador.

Gente, esse post é meio autobiográfico. Eu hesitei por muito tempo em ter um caderninho para escrever o que eu precisava fazer ao longo do dia, além de outras pequenas anotações sobre coisas que eu tinha achado legais ou importantes. Eu sempre achava que poderia encontrar qualquer outro tipo de solução mais veloz, tipo anotar no celular, pegar um papelzinho emprestado com alguém ou tentar lembrar de cabeça. De verdade, amigos, NADA DISSO funcionou para organizar minha vida, até que – enfim – eu decidi abrir mão do meu orgulho tech e ter o meu caderninho. Nem foi de propósito, vou ser bem sincera. Comentei com meu marido que estava pensando em comprar um, e, de repente, certo dia, ele me surge com o caderninho que eu, por sinal, tinha esquecido que tinha pedido. “Bem, que ótimo, boa oportunidade de testar esse bagulho”, pensei. E não é que funcionou?

Por causa dos milagrinhos gerados na minha vida através deste adorável caderninho que mal conheço mas já admiro pakas, segue abaixo uma lista com 7 bons motivos para você comprar o seu também.

 

1. Porque sua memória não é lá essas coisas. Você e eu sabemos, caro amigo, que sua memória VAI falhar, e provavelmente isso vai acontecer no pior momento. Quem tem muita coisa no HD mental e precisa resolver muitos problemas e lembrar de muita coisa, facilmente vai esquecer de coisas que não podia. Anotar o que é importante no seu caderninho já resolve esse problema!

2. Porque você não quer sobrecarregar seu cérebro. Você já tentou fazer uma coisa enquanto precisava não esquecer de outra? Só de pensar nesse tipo de situação, chega a dar dor de cabeça! Tirando certas mães que adquiriram após anos de treinamento a habilidade de fazer 359 coisas ao mesmo tempo – do tipo cozinhar arroz enquanto lava roupa e amamenta – o resto de todos os seres humanos (inclusive eu e você) tem problemas quando fica com muitas coisas na cabeça. Não estimule um curto-circuito no seu cérebro, você não vai saber consertar depois. Anote o que não pode esquecer e, então, esqueça! Você não vai precisar mais lembrar de 578 mil coisas, só de ler seu caderninho, e assim vai se poupar de stress desnecessário.

3. Porque você não é tão hi-tech assim. Fala a verdade: é provável que você, assim como eu, seja um baita poser hi-tech. Isso quer dizer que, mesmo que você encha a boca para dizer “sim, eu leio livros inteiros no computador e no tablet”, você não gosta disso. Ninguém gosta daquele brilho incansável na cara aumentando gradativamente nosso astigmatismo. Nada como um velho papel escrito com a nossa letrinha que a gente entende bem (ou não) e sem luzes ofuscantes.

4. Porque celulares pifam, ficam sem bateria, molham, quebram, e são roubados. Aliás, quem é o infeliz que vai querer roubar um caderninho? E se você estiver pensando: “mas podem roubar minha pasta com o caderninho dentro, minha mochila com o caderninho dentro…”, mas aí amigo, não tem muita solução, a não ser armazenar suas anotações na nuvem. Mas eu, particularmente, acho que talvez um motivo para se chamar “nuvem” é também porque sua anotação vai embora com o vento, você simplesmente esquece de onde está. Também, se roubarem seu caderninho, é só comprar outro – seu caderninho não é tipo seriado de super herói para não poder começar sem o que veio antes. Ah, e mais: você vai precisar de um evento muito catastrófico para inutilizar seu caderninho. Ele pode cair de um prédio, ser atropelado, molhado, jogado, e vai sobreviver. <3

5. Porque você vê o que fez, o que está fazendo e onde parou. O caderninho aumenta substancialmente sua produtividade simplesmente porque você não precisa mais ter que relembrar o processo de execução de alguma coisa do zero toda vez que você resolve continuar a fazer. Você olha com mais facilidade as etapas já concluídas e parte para a próxima muito mais rápido! É uma incrível ferramenta de foco e de produtividade.

6. Porque você consegue medir seu caminho e se orgulhar do que já fez. Não há nada mais efetivo na caminhada do que saber o próximo passo, e nada mais gratificante do que olhar para trás e ver o que já conquistou. Seu caderninho vai ajudar muito nessas duas questões. Depois de ter chegado a um bom lugar, você vai se sentir mais grato e motivado a seguir em frente quando olhar tantas tarefas que você conseguiu cumprir.

7. Porque é muito baratinho. Anotar suas tarefas dificilmente custará mais que R$ 20,00, ao contrário dos celulares, smartphones e afins, que, para que possuam a mesma finalidade, vão te levar a desembolsar bem mais que isso. Qualquer papelaria tem um, e caneta ou lápis tem em todo lugar!

E aí, deu vontade de ter um caderninho? Veja mais dicas de organização e gestão do tempo aqui!

O que achou? Comente aqui!